BannerNoticia

Ato nesta sexta (21) anuncia a Primavera das Mulheres no DF

Em ato suprapartidário, com envolvimento de entidades e representações dos movimentos sociais e populares, será anunciada nesta sexta-feira, dia 21 de setembro, a chegada da Primavera das Mulheres no Distrito Federal, com destaque para as causas feministas defendidas no processo eleitoral em curso no país.

A manifestação acontece a partir de 16h30, na praça Zumbi dos Palmares, em frente ao Setor de Diversões Sul – Conic.

“As mulheres estão assumindo o protagonismo nesse momento histórico que estamos vivendo em nosso país. Estamos em uma disputa eleitoral que pode definir o caminho que irá tomar a nossa sociedade, se o da tolerância, da afirmação dos direitos humanos e da paz, ou o do retrocesso civilizatório, com recrudescimento do machismo e do desrespeito às diferenças. É hora de avançarmos em nossa luta e entendemos que o projeto liderado por Haddad e Manuela é o que nos dá essa perspectiva”, diz a secretária de Mulheres do PT-DF, Andreza Xavier.

A Primavera das Mulheres reflete, portanto, as bandeiras históricas do movimento feminista, tendo como ponto de partida a garantia de direitos iguais. O projeto de país que melhor as atende é aquele que reconhece que as mulheres devem ganhar salários iguais aos dos homens, que não deve haver discriminação no mercado de trabalho e que as oportunidades não devem considerar papéis de gênero impostos pela sociedade.

A pauta feminista requer, sobretudo, políticas públicas de combate à discriminação e à violência de gênero, assim como à cultura que ainda permite que a mulher seja tratada como propriedade de alguém e que, muitas vezes, acaba por considerar a vítima como culpada pela agressão e até mesmo pelo assassinato de que foi vítima.

Estão envolvidos na organização do ato na praça Zumbi dos Palmares: PT, PCdoB, Marcha Mundial das Mulheres, União Nacional dos Estudantes (UNE), União Brasileira de Estudantes Secundaristas (UBES), Levante Popular da Juventude, União da Juventude Socialista (UJS), Juventude do Partido dos Trabalhadores (JPT) e União Brasileira de Mulheres (UBM), entre outros movimentos.

De 21 a 23 de setembro, a Primavera das Mulheres será marcada por atos em todos os estados. No dia 29, os movimentos sociais e populares se somam aos atos #EleNão, que estarão acontecendo por todo o país.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo