Noticia

Rollemberg reduz benefícos do Cartão Material Escolar

O governador Rodrigo Rollemberg lançou mais um golpe contra a população do Distrito Federal. Após suspender o Cartão Material Escolar ano passado, prejudicando milhares de estudantes, retomou este ano o benefício, mas com valores que chegam a 1/3 do anteriormente destinado ao programa.

Durante o governo petista no DF – 2011 a 2014 –  o benefício chegava a até R$ 342,00 por estudante. Agora, os valores máximos pagos pelo Governo de Brasília não passam de R$ 80,00.

A nova regulamentação foi publicada ontem, 17/02, no Diário Oficial do DF. A Portaria da Secretaria de Educação 02/2016 define, em seu Art. 5º, o valor de R$ 80,00 debitado no Cartão Material Escolar por estudante matriculado.

Quem tem filhos e filhas em idade escolar sabe que este valor não cobrirá nem uma pequena parte dos gastos com cadernos, lápis, canetas, borrachas e outros para o perfeito acompanhamento das aulas e fixação do conteúdo.

Some-se a isso a falta de vagas em creches e os problemas para ocupar as salas de aulas com professores e chegaremos ao resultado de sucateamento da educação no DF, a exemplo de outras áreas.

Dinheiro tem. O que falta é competência e sensibilidade.

Governador, tira a mão do bolso. Vamos trabalhar!

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo