Noticia

Orçamento participativo é extinto pelo governador Rollemberg

Foto: Agência Brasília
Foto: Agência Brasília

Poderoso instrumento de participação social e controle da administração pública pela população, o Orçamento Participativo no Distrito Federal foi extinto pelo governador Rodrigo Rollemberg. Ao contrário dos diversos e perenes debates entre o poder público e os moradores das cidades do DF – que caracterizam o modelo de funcionamento dos orçamentos participativos – o governador Rollemberg preferiu realizar uma única audiência para discutir o orçamento de 2016 com a população do Distrito Federal.

Em fase final de elaboração, o orçamento será discutido em audiência pública no dia 15/07, na parte da manhã, entre nove horas e meio-dia. Uma quarta-feira, dentro do horário de expediente da maioria esmagadora da população (e os mais interessados na justa e correta aplicação do dinheiro público).

Entretanto, imaginamos a razão para tão apertada discussão sobre importante tema: não existe vontade de debater com a população o destinamento do dinheiro recolhido com os impostos pagos pelo cidadão. Um tema com essa complexidade e magnitude carece de discussões mais aprofundadas. Usar o período de uma manhã para seu debate nada mais é do que tentar conferir respaldo e legitimidade popular em um assunto que, até pouco tempo atrás, era profundamente debatido e modelado junto a população, com o intuito de melhor se adequar aos anseios dos moradores do Distrito Federal.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo