Banner

Lucro do BNDES é o maior desde 2011

O Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) fechou os primeiros nove meses de 2014 com lucro R$ 7,4 bilhões. O montante é 51,4% superior ao mesmo período no ano passado, quando totalizou R$ 4,8 bilhões. A notícia é ainda melhor quando analisados os baixos índices de inadimplência: 0,07% da carteira total.

O lucro desse ano é o segundo maior da história do banco. Antes, em 2011, havia sido de R$ 7,8 bilhões. O resultado é uma resposta positiva ao crescimento de 130,6% das participações societárias. Estas passaram de R$ 1,8 bilhão em 2013, para R$ 4,2 bilhões, no mesmo período de 2014.

Segundo informações publicadas no site do banco, a alta do resultado das participações societárias, a maioria proveniente da BNDESPAR, ocorreram devido a três fatores: aumento de 23,6% da receita com dividendos e juros sobre capital próprio; melhora do resultado com derivativos de renda variável; e redução de R$ 652 milhões na despesa com provisão para perdas em investimentos.

Outro destaque foi o resultado de intermediação financeira que saiu de R$ 7,3 bilhões nos nove primeiros meses de 2013 para R$ 9,3 bilhões no mesmo período de 2014. O bom desempenho foi consequência do crescimento da carteira de crédito e repasses da gestão dos recursos de tesouraria.

A rentabilidade do patrimônio líquido médio do banco subiu de 10,15% para 11,82%. As intermediações financeiras aumentaram 26,6% e bateram a marca de R$ 9,3 bilhões.

Por Rebeca Ramos, da Agência PT de Notícias.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo