BannerNacionalResoluções do PT

Bolsonaristas comandam farsa e perseguição em Araraquara

São os mesmos que obstruem os trabalhos da CPI da Covid no Senado e tentam impedir a abertura dos processos de impeachment contra Bolsonaro por crime de responsabilidade

O Partido dos Trabalhadores denuncia a perseguição revanchista e autoritária de Jair Bolsonaro contra o companheiro Edinho, prefeito de Araraquara (SP), cidade que se tornou referência nacional e internacional nas políticas públicas de enfrentamento à Covid e proteção aos mais vulneráveis durante a epidemia.

Os bolsonaristas tentam golpear Edinho e sua administração desde que foram derrotados nas urnas, em 2020, valendo-se da mentira e da máquina pública federal. Chegaram mesmo a mobilizar o Exército Brasileiro em uma fracassada “ação social”, com claro objetivo de desgastar o prefeito perante a população mais pobre.

O mais recente golpe do bolsonarismo contra o PT de Araraquara foi desfechado segunda-feira (2/08) pela apresentação de um pedido fraudulento de impeachment contra o prefeito Edinho, assinado por vereadores da chapa que perdeu as eleições municipais (Patriota e Podemos).

Numa demonstração do ódio de Bolsonaro ao prefeito que provou a eficácia da ciência, da mobilização da sociedade em torno das medidas de isolamento e da assistência aos mais afetados pela pandemia, a apresentação do impeachment foi comandada pessoalmente pelos deputados federais Eduardo Bolsonaro, Carla Zambelli e Hélio Lopes.

Eles foram a Araraquara a pretexto de entregar cestas básicas a entidades sociais e transformaram a cerimônia num ato contra o prefeito e o PT, contra a ciência e as medidas de isolamento. Em seguida foram pessoalmente à Câmara de Vereadores comandar o registro do pedido de impeachment, com alegação mentirosa e fraudulenta sobre prejuízos inexistentes na aquisição de equipamentos médicos.

Tanto ódio político e pessoal concentrado no companheiro Edinho confirma que Bolsonaro e seus asseclas não toleram a verdade, repudiam a ciência e não admitem ser contrariados pelos fatos. Confirmam também o acerto das políticas adotadas pela administração do companheiro Edinho no combate ã pandemia e em defesa da população de Araraquara.

Os bolsonaristas que obstruem os trabalhos da CPI da Covid no Senado – e que se escondem atrás do presidente da Câmara para impedir a abertura dos processos contra Bolsonaro por crime de responsabilidade – são os mesmos que foram a Araraquara armar um impeachment farsesco do prefeito do PT.

O Partido dos Trabalhadores está solidário com o companheiro Edinho e toda a equipe da Prefeitura de Araraquara e repudia, com firmeza, mais uma farsa da família Bolsonaro.

Chega de mentiras, chega de ódio político, chega de violência contra a democracia e os representantes do povo.

Fora Bolsonaro!

3 de agosto de 2021

Comissão Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo