BannerDistrito FederalResoluções do PT

Resolução para o Diretório Regional sobre a tática eleitoral para 2022

O Diretório Regional, reunido no dia 26 de junho, decide:

  1. A eleição de Lula é o principal objetivo e o centro da tática nacional.

  2. Para contribuir como este objetivo, o PT DF empreenderá todos os esforços para construir, aqui, um palanque leal e forte para a candidatura Lula.

  3. O PT no DF seguirá e acompanhará a tática e as orientações da direção nacional.

  4. O PT adotará uma tática local para responder aos desafios do Partido no âmbito do DF.

    5. A recuperação do espaço político do Partido no DF é o centro da tática local.
  1. Nesta tática um dos principais objetivos é aumentar as nossas bancadas no Congresso Nacional e na Câmara Legislativa do DF.

  2. Outro objetivo central, de igual importância, é disputar para ganhar a eleição para o governo do Distrito Federal e implantar um governo democrático e popular, com políticas de inclusão social e diminuição da pobreza; com ampla e forte participação popular e com um projeto de desenvolvimento econômico, inclusivo, equilibrado e sustentável.
  3. Para cumprir com estes objetivos o PT poderá ter candidaturas petistas para concorrer ao GDF e para concorrer ao Senado ou compor alianças apoiando candidaturas de outros partidos, desde que estes tenham compromisso com a candidatura de Lula.

  4. O PT vai trabalhar para construir alianças políticas e eleitorais para derrotar Ibaneis e o seu projeto político. As alianças eleitorais podem se dar no primeiro turno ou no segundo.

  5. O Diretório Regional aprova o Calendário para debater e decidir sobre a tática eleitoral e, se for o caso, escolher os nomes do Partido para as candidaturas majoritárias para a eleição de 2022.

  6. O Diretório Regional compreende que o Encontro Regional é a instância adequada para a tomada de decisão sobre estratégia e tática eleitoral para 2022. E a realização do encontro deve ser precedida de uma avaliação política que considere uma possível visita do Ex-Presidente LULA à Brasília, prevista para agosto.

CALENDÁRIO

A) Até 30 de julho: Realização de debates nas zonais, setoriais, secretarias temáticas, etc. Todas as Direções Zonais devem organizar pelo menos um debate pela internet com ampla participação de filiados e filiadas petistas e a decisão sobre a opinião da Direção Zonal deverá ser tomada em reunião própria convocada especialmente para isso. Da mesma forma, os Setoriais e secretarias temáticas deverão organizar debates mas são liberados para apresentarem ou não as suas opiniões sobre o tema.

B) Dia 31 de julho – Reunião ampliada do DR, com Presidentes Zonais, Coordenações dos Setoriais e Secretarias Temáticas, para avaliar os resultados dos debates, avaliar o diálogo com outros partidos, avaliar a situação dos diálogos nacionais sob a coordenação de Lula e da Direção Nacional e analisar a conjuntura.

C) Dia 28 de agosto – Encontro Regional para decidir sobre a tática eleitoral do PT DF para a eleição de 2022. Este Encontro poderá, inclusive, escolher os nomes para as candidaturas ao Governo e ao Senado, se avaliar que isso é possível e conveniente politicamente.

D) A realização do Encontro Regional deverá ser confirmada em reunião da Executiva Regional no dia 16 de agosto, convocada especificamente para esta finalidade. A Executiva Regional poderá adiar o Encontro Regional por até trinta dias se avaliar que as condições objetivas para tomar as decisões sobre a tática eleitoral não estão asseguradas e, principalmente, observando os resultados de uma possível agenda de LULA em Brasília.


Partido dos Trabalhadores do Distrito Federal PT/DF

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo