BannerNacional

Focus: Os protestos nas ruas crescem diante do genocídio no Brasil

Em sua edição de nº 15, a revista Focus Brasil, da Fundação Perseu Abramo, analisa as mobilizações do dia 19 e traz textos, artigos e entrevistas sobre temas fundamentais para compreender a realidade atual

Os protestos do sábado, 19 de junho, são o grande assunto (CLIQUE AQUI para acessar) da 15ª edição da revista Focus Brasil. A foto da avenida Paulista ocupada pelos manifestantes contrasta com a terrível marca de 500 mil mortos alcançada pela negligência “estratégica” e pela campanha permanente a favor da disseminação do vírus, ambas arquitetadas e conduzidas por Jair Bolsonaro.

No editorial, Aloizio Mercadante detalha o aumento da desigualdade e denuncia que o projeto bolsonarista vai perpetuar o empobrecimento da maioria dos brasileiros. A liderança de Luiz Inácio Lula da Silva é a saída para trazer o equilíbrio de volta ao Brasil.

Vivaldo Barbosa, o entrevistado da semana, tem a mesma percepção. Ele considera que Lula é o líder que a nação precisa para tirar a extrema-direita do poder. Barbosa ainda falou sobre os motivos que o levaram a deixar o PDT após 40 anos, fez críticas a Ciro Gomes, falou sobre a necessidade de reformar o Poder Judiciário e apontou os problemas mais urgentes do Brasil.

Além dos protestos que reuniram cerca de 750 mil pessoas pelo país, a Focus Brasil abordou a triste marca de 500 mil mortes atingidas pelo Brasil na pandemia. A responsabilidade por esse período de tristeza e desamparo é do genocida!

O líder do PT no Senado, Paulo Rocha, publica artigo afirmando que o presidente da República vai ser responsabilizado por tudo o que fez e continua a fazer para gerar caos e descontrole no país. As últimas notícias sobre a CPI da Covid também estão na 15ª edição da Focus Brasil.

As páginas da revista apresentam também a cobertura completa sobre a passagem do ex-presidente Lula pelo Rio de Janeiro.

Outro assunto importante nesta edição é a conduta de Arthur Lira na presidência da Câmara dos Deputados. Lira age de forma autoritária para fazer passar as pautas do governo. O líder do PT na Câmara, Elvio Bohn Gass, afirma que a casa do povo se tornou palco para a retirada de direitos e ataques aos interesses nacionais.

A Focus Brasil nº 15 aborda também a privatização da Eletrobrás e o quanto o Brasil será prejudicado por esse ato irresponsável. Já o economista Guilherme Mello publica artigo em que analisa a situação econômica e a política de Paulo Guedes e Jair Bolsonaro.

A Focus continua publicando a série de artigos sobre os prejuízos causados pelo golpe de 2016. Nesta semana, o alvo são os retrocessos no Judiciário. A edição nº 15 conta ainda com a análise de João Batista Damasceno sobre a perspectiva militarizada que o bolsonarismo tenta impor ao país e com artigos sobre a Operação Lava Jato e a participação dos EUA no lawfaire brasileiro.

Por fim, a Focus Brasil mostra como a cultura brasileira vem sendo atacada pelo governo Jair Bolsonaro. A edição da revista conta também com artigo sobre o lançamento da caixa de discos que reúne as melhores músicas da banda inglesa, Gang of Four, e uma resenha sobre o clássico da literatura brasileira Memórias Póstumas de Brás Cubas.

Da Fundação Perseu Abramo

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo