Noticia

CONGRESSO CHICO MENDES | “Querem lavar o golpe com as eleições”, diz presidente interino da CUT

Durante a abertura do 11 º Congresso dos Trabalhadores em Educação Chico Mendes, promovido pelo Sindicato Dos Professores no DF (Sinpro), nessa quinta-feira (16), o presidente interino da CUT Brasília, Rodrigo Rodrigues, afirmou que há uma tentativa dos setores reacionários de legitimar o golpe político-jurídico-midiático através da eleição de seus candidatos.

“Querem lavar o golpe com a eleição de seus candidatos. Não é à toa que forças militares estão tentando fazer com que os nossos candidatos não tenham voz. Não é à toa que o Judiciário tenta, a todo custo, impedir a candidatura mais popular já registrada na história desse país – nunca antes na história desse país um candidato foi registrado com o apoio de milhares de pessoas em marcha até o TSE. Não vamos permitir que lavem o golpe com as eleições. Vamos eleger trabalhadores e trabalhadoras comprometidas com nossa luta”.

Segundo Rodrigues, a consumação do golpe trouxe um cenário drástico para a população e precarizou a prestação de serviços básicos, como saúde e educação. Ele explica que a responsável por essa precarização é a Emenda Constitucional 95 ― que congela os investimentos públicos por 20 anos e desencadeia a destruição progressiva do serviço público e outros setores.

“A CUT reforça, desde o início do processo golpista, que o golpe é contra os direitos da classe trabalhadora e desmonta a democracia. Quero reforçar também que a reforma trabalhista escraviza o trabalhador e permite que empresários explorem sem limites e sem punição judicial aqueles da iniciativa privada. Além disso, presenciamos o avançar do fascismo que cresce diariamente nos debates políticos”, disse.

Rodrigues ainda convidou os participantes do Congresso para o lançamento da Plataforma CUT da Classe Trabalhadora para as eleições de 2018, direcionada aos candidatos ao GDF. A atividade será nesta segunda-feira (20), às 19h, no Teatro dos Bancários. Construído pela CUT Brasília e suas entidades filiadas, o material elenca as principais pautas por segmento.

“As propostas que construímos é o espelho do que esperamos para o DF e o Brasil, tanto do Executivo quanto do Legislativo. Vamos entregar essa Plataforma a cada candidato para que ele assuma o compromisso de honrar a vontade da classe trabalhadora”, explica.

O Congresso

Sob o lema “Você tem sede de quê? Água, soberania, direitos, democracia, saber…”, o 11 º Congresso dos Trabalhadores em Educação Chico Mendes tem como principal objetivo organizar a luta da categoria para enfrentamento aos ataques do governo ilegítimo contra a classe trabalhadora e o sistema educacional público e de qualidade.

A abertura do evento contou ainda com a participação de figuras importantes que lutam diariamente em defesa da educação. A primeira palestra foi de Leonardo Boff, teólogo, escritor e professor universitário, conhecido internacionalmente por sua defesa dos direitos dos pobres e excluídos.

 

Fonte: CUT Brasília

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo