Noticia

Comissões da Câmara realizam audiência pública para discutir privatizações no setor elétrico nesta quinta (31)

A “Reorganização do Setor Elétrico e as suas Consequências” será tema de audiência pública nesta quinta-feira (31-08). A audiência será realizada conjuntamente pelas Comissões de Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Legislação Participativa da Câmara. A iniciativa é dos deputados Givaldo Vieira (PT-ES), João Daniel (PT-SE), Nilto Tatto (PT-SP), Patrus Ananias (PT-MG) e Erika Kokay (PT-DF).

De acordo com a deputada Erika Kokay, coordenadora da Frente Parlamentar em Defesa do Setor Elétrico Brasileiro, a audiência debaterá as consequências sociais, ambientais e econômicas das propostas de privatização do setor.

“O setor elétrico é estratégico para o desenvolvimento nacional e sua privatização coloca em risco a nossa soberania e segurança. O governo se utiliza do argumento de ganho de eficiência, mas sabemos das graves consequências de submeter o setor a uma lógica de mercado”, diz a deputada.

Segundo Kokay, as privatizações podem significar aumento de tarifas, o fim de programas de universalização dos serviços e o comprometimento do próprio fornecimento de energia, com o aumento de apagões e desabastecimentos.

Estão convidados para debater o tema:

– Nailor Gato, Vice-Presidente da Federação Nacional dos Urbanitários – FNU;

– Roberto Araújo, Representante do Instituto de Desenvolvimento Estratégico do Setor Energético – ILUMINA;

– Gilberto Cervinski da Plataforma Operária Camponesa para Energia; (a confirmar)

– Gustavo Teixeira, Representante do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE);

– Representante do Instituto Sócio Ambiental – ISA; (a confirmar)

–  Ronaldo Custódio, Professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio do Grande do Sul ;

A audiência pública interativa será transmitida ao vivo pelo portal E-Democracia.

Envie perguntas, dúvidas e sugestões no link https://edemocracia.camara.leg.br/audiencias/sala/383

Fonte: Site de Erika Kokay

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo